Quer dar adeus ao IE? Veja dicas

Sem Comentários

Existe quem ame e quem odeie o Internet Explorer. Mas, certamente, não há quem goste de viver sem opção. Por isso, preparamos uma lista de navegadores alternativos para quem quer deixar de usar o browser da Microsoft.

Lembre-se de que deixar de usar não significa excluir o IE. Aliás, esta opção não é recomendada pela fabricante (e nem por quem já tentou faze-lo). “Como o Internet Explorer faz parte do Windows, eles funcionam de forma integrada”, explica Priscyla Alves, gerente-geral da divisão de Windows Consumer da Microsoft Brasil.

Uma alternativa é tentar excluir o Internet Explorer pelo caminho normal (o “Instalar e remover programas”, do painel de controle). Neste caso, você irá apenas apagar os atalhos e ficar com a sensação de que o programar se foi – o que até pode ser uma boa ideia se você realmente não quiser mais usá-lo.

De qualquer forma, não é preciso sumir com um aplicativo para experimentar seus concorrentes, certo? Por isso, abaixo segue uma breve lista de navegadores alternativos (mas cada vez mais populares) que podem substituir o Internet Explorer. Veja a seleção e escolha o seu:

1- Mozilla Firefox – O projeto deste navegador baseado nos conceitos do software livre começou em 2002, mas só em 2004 ele passou a ser conhecido pelo nome atual. Criado de forma colaborativa por desenvolvedores espalhados pelo mundo, o aplicativo da Fundação Mozilla começou a se destacar devido à possibilidade de se acrescentar extensões ao programa principal, conseguindo novas funcionalidades. É, hoje, o principal concorrente do Internet Explorer e já possui cerca de 22% do mercado de navegadores. Pode ser baixado gratuitamente no site da br.mozdev.org
2- Google Chrome – Apesar do pouco mais de 1% de participação entre os navegadores, o Chrome merece destaque por seu sobrenome de peso. O browser foi lançado no final de 2008 em versão beta para Windows e só recentemente passou à sua primeira versão definitiva. Apesar de muito leve e de trazer funções novas e interessantes, o navegador ainda tem vários bugs e não é compatível com muitas páginas. Baixe gratuitamente no site oficial.

3- Opera – Criado pela empresa estatal de telecom norueguesa Telenor em 1994, hoje é um aplicativo desenvolvido pela Opera Software. Conhecido por suas constantes inovações, traz a maior parte dos recursos oferecidos pelos demais navegadores. Existem versões para PDAs, smartphones e videogames. Pode ser baixado gratuitamente no site oficial.

4- Safari – Desenvolvido pela Apple, o Safari é o navegador padrão do Mac OS e detém cerca de 8% do mercado mundial de browsers. Desde 2007, existem versões do software para ser usado também no Windows, porém, há a necessidade de se utilizar plug-ins para que todas as funções operem corretamente. No site da Apple é possível baixá-lo de graça.

 

Fonte: http://wnews.uol.com.br

Sobre o blog

Este Blog tem o objetivo de divulgar as novidades da WebinHost e compartilhar notícias sobre hosting, servidores, empreendedorismo e todo universo tecnológico.

Arquivos

Comente via Facebook
Sem Comentários
 

Deixe um Comentário

Digite o código. (obrigatório)